29/09/2015–TJSP ‘AGENDA 150 ANOS’ HOMENAGEIA JUIZ DARCY DE ARRUDA MIRANDA

ImageFetch (10)

        O Tribunal de Justiça de São Paulo promoveu ontem (28), no Palácio da Justiça, homenagem ao juiz Darcy de Arruda Miranda, por meio do projeto Agenda 150 Anos de Memória Histórica do Tribunal de Justiça Bandeirante. Darcy Miranda nasceu em Lençóis Paulista (SP) em 1904. Tornou-se cirurgião-dentista em 1922, pela Escola de Farmácia e Odontologia de Pindamonhangaba. Participou da Revolução Constitucionalista de 1932, como tenente da Força Expedicionária. Formou-se pela Faculdade de Direito do Largo São Francisco, turma de 1938. Ingressou na Magistratura em 1947. Foi juiz em Araraquara, Jaú, Itaporanga, Brotas, Penápolis e na Capital. Também foi professor de Direito Civil e de Teoria Geral do Estado na Faculdade Mackenzie e titular da cadeira de Direito Civil na Faculdade de Sorocaba. Aposentou-se como ministro do Tribunal de Alçada Civil, em 1966, e passou a advogar. Faleceu em 2001.

        O coordenador do projeto “Agenda 150 Anos”, desembargador Ricardo Henry Marques Dip, foi orador em nome da Corte. Disse que não conheceu pessoalmente Darcy de Arruda Miranda, mas uma característica da sua biografia lhe chamou a atenção: “Foi um homem de grandes realizações e, sobretudo, formou uma bela família”. José Maria Siviero, genro do homenageado, discursou em nome dos familiares. Falou sobre o pai, magistrado, professor e poeta que foi Darcy Miranda. “Reunimo-nos para homenagear um magistrado que deixou indeléveis marcas em sua passagem por aqui e pela vida”, afirmou.

        O vice-presidente do TJSP, desembargador Eros Piceli, que representou o presidente da Corte, desembargador José Renato Nalini, afirmou, ao encerrar a cerimônia, que o projeto “Agenda 150 Anos” relembra nomes que marcaram a história da instituição. “Em uma época que se fala tanto em ética e seriedade, louvamos a memória de grandes magistrados.”

        Participaram, também, da solenidade os presidentes das Seções de Direito Criminal, Privado e Público, desembargadores Geraldo Francisco Pinheiro Franco, Artur Marques da Silva Filho e Ricardo Mair Anafe, respectivamente; o presidente da Comissão de Resgate da Memória da Ordem dos Advogados do Brasil – Seção São Paulo, José de Ávila Cruz, representando a presidente em exercício; a vice-presidente do Instituto de Registro Imobiliário do Brasil (Irib), Maria do Carmo Rezende de Campos Couto; o presidente da Associação dos Bacharéis de Direito da Universidade Presbiteriana Mackenzie (Abamack), Vicente Renato Paolillo; o juiz assessor e chefe do Gabinete Civil da Presidência, Ricardo Felício Scaff; o chefe de gabinete da Presidência e decano da Academia Paulista de Letras, poeta Paulo Bomfim; os filhos do homenageado Nancy de Arruda Miranda Carneiro, Paulo de Arruda Miranda e Virgínia de Arruda Miranda Siviero; a nora Mariângela; o genro José Maria; os netos Maria Teresa, Waldir, Flávio Eduardo, Cristiane, Liliane e Paulo Guilherme; os bisnetos Felipe e Pedro; demais magistrados, autoridades civis e militares, familiares, amigos e servidores.

        Comunicação Social TJSP – DI (texto) / AC (fotos)
imprensatj@tjsp.jus.br

 

11216811_10153334276244011_7157809680843168527_nImageFetch (1)ImageFetch (2)ImageFetch (3)ImageFetch (4)ImageFetch (5)ImageFetch (6)ImageFetch (8)ImageFetch

Esse post foi publicado em Notícias (Clipping). Bookmark o link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s